10°C 19°C
Sarandi, PR
Publicidade

Governador entrega rede de esgoto, centro de convivência e moradias em Leópolis

Município com 3,7 mil habitantes recebe R$ 15,8 milhões em recursos do Estado, via Sanepar e Secretaria das Cidades. Nesta primeira etapa, a rede ...

17/11/2023 às 15h01
Por: Redação Fonte: Secom Paraná
Compartilhe:
Foto: Roberto Dziura Jr/AEN
Foto: Roberto Dziura Jr/AEN

Com uma população de 3,7 mil habitantes, o município de Leópolis, no Norte do Paraná, recebe investimentos de R$ 15,8 milhões do Governo do Estado nas áreas de saneamento, esporte e lazer e habitação. O governador Carlos Massa Ratinho Junior esteve nesta sexta-feira (17) na cidade para a inauguração da rede de coleta e tratamento de esgoto, que vai beneficiar 70% da população.

Ratinho Junior também entregou um Centro de Convivência para Idosos, 65 novas casas e um barracão industrial, estrutura para ajudar na geração de empregos no município. “Queremos ver todas as cidades paranaenses se desenvolvendo. E, para isso, investimos fortemente em todos os municípios, para fazer com que os de pequeno e médio possam ter a mesma estrutura das grandes cidades”, disse o governador.

A Sanepar investiu R$ 9 milhões para implantar do zero a rede de esgotamento sanitário em Leópolis. A obra inclui uma estação de tratamento com capacidade para depurar 7,5 litros de esgoto por segundo, a implantação de 12,9 quilômetros de rede coletora e cerca de 4 quilômetros de tubulações auxiliares.

Com isso, mais de 730 imóveis serão ligados ao sistema, atendendo 2.590 moradores já neste ano. A companhia vai destinar mais R$ 1,04 milhão para chegar ao índice de 90% de atendimento até 2033, previsto no Marco Legal do Saneamento. Além disso, R$ 1,5 milhão está previsto para os próximos anos para melhorias nos sistemas de água e esgoto, totalizando R$ 11,6 milhões de investimentos da Sanepar.

“Quando se investe em esgotamento sanitário, você automaticamente economiza na saúde, evita os criadouros de mosquito, que é um problema grande da nossa cidade, principalmente com a dengue”, afirmou o prefeito Alessandro Ribeiro. “O tratamento de esgoto vem para melhorar a vida da população, é uma obra muito necessária para todos os municípios, porque impacta diretamente na saúde e qualidade de vida das pessoas”.

CENTRO DE CONVIVÊNCIA –Um antigo clube de campo do município foi totalmente reformado e adaptado para atender a população com 60 anos ou mais de Leópolis, além de estudantes da rede municipal, que agora contam com um local adequado para fazer diversas atividades. O investimento foi de R$ 3,2 milhões, com repasses feitos pela Secretaria de Estado das Cidades (Secid).

“Como mostra o Censo, a população idosa paranaense está crescendo e, em poucos anos, deve ultrapassar o número de jovens. E o poder público tem que acompanhar esse movimento oferecendo estruturas de qualidade para esse público”, destacou o governador. “Um espaço como esse ajuda nossos idosos a ter um ambiente de convívio, para não fiquem só dentro de casa assistindo televisão, sem saber o que fazer da vida. A terceira idade foi feita para ser vivida. Gostam de ginástica, de dançar e de conviver com gente”, afirmou.

O Centro de Convivência Geraldo Laerte Valério, que recebe o nome do antigo prefeito da cidade, tem uma área de 8.750 metros quadrados e conta com três piscinas, uma delas com hidromassagem, ginásio de esportes, sauna, academia, quadra de bocha, playground, pista de caminhada em paver, iluminação dos campos de futebol e lanchonete.

Essa estrutura completa vai atender pessoas como Laudelina Venâncio, de 64 anos, que participa do clube da terceira idade do município. As atividades físicas diárias fizeram diferença na sua mobilidade e qualidade de vida, e agora ela faz parte inclusive do time de vôlei formado pelas idosas.

“Eu tinha um problema no meu joelho que eu não conseguia nem dobrar, tinha que fazer cirurgia. O médico sugeriu fazer exercício e comecei a participar do grupo”, conta ela. “É muito bom para o corpo, mas principalmente para a cabeça, a gente se sente muito mais jovem. E agora com esse espaço, vai melhorar muito mais”.

Lenice Matias, de 61 anos, também comemorou a inauguração do Centro de Convivência. “Eu estou muito feliz, porque eu vim aqui e amei o lugar, que é perfeito para a gente fazer esporte”, diz ela. “Eu não era assim, animada, eu tinha muita dor, mas desde que comecei a me exercitar, não tenho mais. A gente tem uma amizade maravilhosa, brinca, grita, faz o exercício, é tudo excelente”.

Além dos idosos, o centro será utilizado também pelas secretarias municipais da Educação, para aulas de natação dos alunos da rede municipal, e do Esporte, atendendo a Escolinha do Esporte. A Secretaria de Saúde também estará envolvida para oferecer atendimento de fisioterapia e outras atividades.

GERAÇÃO DE EMPREGO –Os recursos da Secid também viabilizaram a construção de um barracão industrial, localizado na área industrial do município. O espaço recebeu investimento de R$ 612 mil e se soma a estruturas semelhantes localizadas na região. Agora, a prefeitura fará uma licitação para atrair um empreendimento ao local. Uma das regras exigidas é que a empresa gere, no mínimo, 20 empregos para se instalar no barracão.

CASA FÁCIL –Ratinho Junior também entregou as chaves das casas do Condomínio Portal Paranapoema II, que conta com 65 unidades habitacionais. Entre os novos moradores, o empreendimento atende 25 famílias que receberam um subsídio de R$ 15 mil do Governo do Estado para pagar a entrada do financiamento, facilitando a obtenção de crédito junto à Caixa Econômica Federal.

O repasse da Cohapar soma R$ 375 mil, por meio do Casa Fácil Paraná. Em sua primeira etapa, o programa está beneficiando mais de 31 mil famílias de todo o Estado ao subsidiar o valor de entrada do imóvel. A segunda etapa do programa já foi anunciada pelo governador e deve atender 40 mil famílias paranaenses, que receberão do Governo do Estado R$ 20 mil de aporte para as entradas dos imóveis.

O presidente da Cohapar, Jorge Lange, explicou que, além de beneficiar um número alto de famílias, o programa viabiliza a construção de novas moradias em diversas cidades, reduzindo o déficit habitacional no Estado.

“Quando a construtora vai lançar o empreendimento, ela precisa ter uma quantidade mínima de unidades garantidas para poder viabilizar o investimento. Com o aporte do Governo do Estado às famílias, as empresas conseguem garantir os investimentos e a gente consegue alavancar a quantidade de moradias construídas no Paraná”, afirmou.

PRESENÇAS –Participaram da solenidade o chefe da Casa Civil, João Carlos Ortega; os secretários estaduais da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex; e da Inovação, Modernização e Transformação Digital, Marcelo Rangel; o presidente em exercício da Sanepar, Toco Zanetti; o presidente da Associação dos Municípios do Paraná (AMP), Edimar Santos; os deputados estaduais Cobra Repórter e Alisson Wandscheer; e prefeitos da região.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Sarandi, PR
17°
Tempo nublado

Mín. 10° Máx. 19°

17° Sensação
4.63km/h Vento
88% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
07h08 Nascer do sol
05h58 Pôr do sol
Ter 23° 12°
Qua 25° 13°
Qui 27° 14°
Sex 28° 15°
Sáb 28° 15°
Atualizado às 19h01
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,45 +0,06%
Euro
R$ 5,94 +0,06%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,09%
Bitcoin
R$ 372,915,33 +1,56%
Ibovespa
129,320,96 pts 0.33%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Anúncio